Resposta Fraternal

Solicitas uma orientação para teus passos, guardando fadiga e abatimento.

*

Trazes contigo o cansaço e a desilusão, à maneira do viajor transviado na escuridão noturna, suspirando pelo retorno à benção luminosa da madrugada.

*

Entretanto, quem se refere à orientação, diz harmonia e ajustamento.

*

E somente Jesus é bastante sábio para guiar-nos com segurança.

Refugia-te, no santuário da prece e roga-Lhe inspiração.

*

Antes, põem, alija das sandálias o pó que trazes do caminho de nossos antigos enganos.

*

Perdoa a quem te feriu, recordando quantas vezes temos sido tolerados pela Misericórdia Divina.

*

Não retribuas mal por mal, compreendendo o imperativo do bem para que a paz nos esclareça.

*

Lembra-te de que o trabalho é o dissolvente de nossas mágoas, e auxilia sem distinção, na certeza de que, na alegria dos outros, encontrarás alívio e consolação aos próprios pesares.

Não invejes a prosperidade alheia, porque ninguém sae, na Terra onde se oculta a verdadeira felicidade, de vez que, em muitas ocasiões, o palácio esconde chagas de treva e a choupana desguarnecida permanece aureolada de luz.

*

Solve tuas dívidas com o sorriso de quem se liberta. Mais valem o suor e as lágrimas no dever que as vantagens transitórias na indiferença.

*

Rogas orientação para que a tranqüilidade te favoreça.

*

Não olvides, no entanto, suplicar ao Senhor a força precisa para que te não desvencilhes da própria cruz... da cruz que te garante a necessária vitória espiritual para a vida que nunca morre.

*

Consagra-te ao serviço e à caridade, ao aperfeiçoamento de ti mesmo e à renuncia edificante.

*

Avança hoje na estrada pedregosa das obrigações retamente cumpridas e, amanhã, em te despedindo do corpo da Terra, teu coração, convertido em estrela de amor, será com Jesus um marco celeste orientando as almas perdidas, no vale das sombras, para que atinja contigo a felicidade do Eterno Bem.

Pelo Espírito Emmanuel

XAVIER, Francisco Cândido. Caridade. Espíritos Diversos. IDE. Capítulo 30.